domingo, 30 de julho de 2017

SARDENHA E CÓRSEGA - DUAS ILHAS, DOIS PARAÍSOS (VIAGEM PERFEITA NUM PLANEJAMENTO QUE CABE NO SEU BOLSO)

SARDENHA + CÓRSEGA + "TERCEIRO TERRITÓRIO" DE SUA ESCOLHA - PLANEJAMENTO DO ROTEIRO

COMO TUDO COMEÇOU? QUAL FOI A MOTIVAÇÃO?

Sabe aquele lugar que vc vê num post irado de viagem nas redes sociais e nem acredita que seja verdade? Um daqueles lugares tão perfeitos que vc acha que é montagem, filtro de Instagram ou sei lá? O lugar é esse aí da foto abaixo...Spiaggia Thaiti em Caprera, Sardenha.

Spiaggia Thaiti - Ilha Caprera (Sardenha)

Para um amante de viagens como eu, um lugar assim vira "piração" imediata. Vc começa a fantasiar sua presença naquele lugar....vai na internet checar se o lugar é aquilo tudo mesmo....começa a ler vorazmente posts de blogs sobre o local...

Ilha Lavezzi - Corsega
Aí, confirmando a expectativa, coloca imediatamente o lugar na sua famosa "bucket list".
Passa a analisar o preço das passagens, faz simulações no google flights e começa a avaliar se a tal "fantasia" pode ou deve se tornar realidade.

meu "homemade" vídeo, in loco, de Spaggia Thaiti

Haja planejamento, haja imaginação, né não??!! Pois é....
Aliás, não é a primeira vez que esse fascínio imediato acontece comigo 😜  😜  😎.

Cala Coticcio (Sardenha)

Aconteceu em Zakynthos (post aqui)...aconteceu em Kefalônia (post aqui)...aconteceu na Costa Amalfitana (post aqui)...Rota Romântica na Alemanha (post aquil) e em trocentas outras viagens deste blog.
E, certamente, ainda espero que aconteça em relação a muitos outros lugares. 🙏  🙏  🙏
Afinal, acredito muito que nossas almas se alimentam de novas culturas, novos lugares e novas formas de reinventar a vida. E como dizia Mario Quintana, "viajar é trocar a roupa da alma"....vc concorda?

Spiaggia del Principe - Costa Esmeralda (Sardenha) 

Então, antes de vc arrumar desculpas dizendo coisas do tipo: "ah, mas é muito caro", "isso não dá para mim", "é só para quem tem grana", "nunca vou fazer uma viagem dessas" etc....pense duas vezes!! Pense mesmo!!!
Se vc planejar legal, não cometer exageros, tudo acaba cabendo no seu bolso (GARANTO!!).

E eu curto muito planejar viagens....acho que é meu eterno lado engenheiro que curte gerenciar "projetos"...kkk...pensando bem, planejar uma viagem é um "baita" projeto, só que o retorno final não é grana, é cultura mesmo!!! 😎 🙏  🙌  🙌

Brincadeiras à parte, o fato é que começo a viajar ao planejar...ao aprender a cultura do país e dos locais a serem visitados.

Mar da Sardenha - acredite!!

Com as fotos/vídeos que vi da SARDENHA não foi diferente. Bateu um daqueles estados de perplexidade, no melhor estilo...WOW!!! What the f.u.c.k.!!! Quero nadar nessas águas, quero VIVER nesse lugar, nem que seja só nas minhas férias!

Cala Brandinchi com Isla Tavolara ao fundo - Sardenha


Aí, para completar, dias depois rolou um programa no "Globo Repórter" mostrando as belezas da CÓRSEGA...mar e montanha num só lugar!!! link aqui. Top demais! Curtição à primeira vista!
Pronto!! Fechou o roteiro: SARDENHA + CÓRSEGA... e o que rolar no caminho (escalas... ou o tal terceiro território do título do post) é lucro.

Bonifácio - Córsega

Hora de planejar. 
As duas ilhas são imensas. Tinha só 15 dias inteiros de férias. 
Não haveria tempo para conhecer tudo. 
Estudei minuciosamente as duas ilhas, as várias formas de chegar e comecei a montar um roteiro à minha feição.

Inevitavelmente, priorizei os locais "MUST SEE" e fiz questão de explorar todos os locais que havia visto nos vídeos/fotos e que haviam me fascinado e motivado a esta viagem. Óbvio que gostaria de ficar mais tempo em cada ilha, mas como o tempo de férias era reduzido, tive que fazer um "menu degustação" super especial 😎  🙌

Bonifacio - Cidadela - Córsega


A ideia deste post é vc conhecer a motivação por meio de algumas fotos e um pouco do planejamento, ok?
Vou detalhar cada área das ilhas em posts isolados para tornar a leitura mais suave, beleza?

Depois de uma breve análise da geografia da região e das opções de vôo, logo vi que, diferentemente de ilhas gregas pequenas como Mykonos (post aqui) e Santorini (post aqui), Zakynthos etc. as duas ilhas (Sardenha e Córsega) desta viagem eram gigantescas e por isso mereciam 15 dias (ou mais), só que em cada uma.

Infelizmente, como tinha 15 dias para visitar as duas ilhas, por questões logísticas e geográficas, preferi ficar na parte norte/nordeste da Sardenha e na parte Sul da Córsega. Olhando o mapa abaixo, com os pontos que visitei marcados em vermelho, dá para ter uma ideia.
Não se preocupe em dar zoom porque nos posts isolados vou detalhar melhor cada região.

Veja o mapa abaixo (do excelente aplicativo maps.me)



O mapa também pode ser visto com zoom aqui (link google maps)




MEU ROTEIRO:

DIA 1 - MILÃO
DIA 2 - OLBIA (PRAIAS DA COSTA ESMERALDA - PARTE 1)
DIA 3 - OLBIA (PASSEIO DE BARCO - GOLFO DI OROSEI)
DIA 4 - OLBIA (PRAIAS DA COSTA ESMERALDA - PARTE 2)
DIA 5 - ARQUIPÉLAGO LA MADDALENA E ISOLA CAPRERA (PRAIAS PARADISÍACAS)
DIA 6 - ARQUIPÉLAGO LA MADDALLENA - PASSEIO DE BARCO
DIA 7 - OLBIA (PRAIAS DA COSTA ESMERALDA - PARTE 3)
DIA 8 - FERRY SARDENHA--> CÓRSEGA E PASSEIOS DIVERSOS EM BONIFÁCIO
DIA 9 - ILHAS LAVEZZI E ARREDORES DE BONIFÁCIO
DIA 10 - PORTO VECCHIO, ZONZA E PICOS DA BAVELLA
DIA 11 - BRUZZI (hiking), PRAIAS RONDINARA, PALOMBAGGIA 
DIA 12 - CACHOEIRAS SOLENZARA
DIA 13 - AJACCIO 
DIA 14 - BRUSSELS
DIA 15 - BRUGGES

 POR ONDE CHEGAR

Do Brasil, não existem vôos diretos para as duas ilhas.
Vc pode chegar pela Córsega (geralmente vindo da França) ou pela Sardenha (vindo da Itália ou de Barcelona na Espanha).

Bavella - Córsega

Quase de todos os países da Europa há vôos diretos para os principais aeroportos da Córsega (Figari, Ajaccio e Bastia) e da Sardenha (Alghero, Olbia e Cagliari). Entretanto, a partir da França, Itália ou Espanha, pela proximidade geográfica, há sempre vôos "low cost" bem convenientes e com boa frequência durante a média e alta estação. 

No meu caso, optei por chegar primeiro na Sardenha e depois ir para Córsega, de ferry. 
Fiz RJ - Milão e daí peguei um vôo low cost (40 Euros) da cia. aérea Meridiana (frequência diária de junho a setembro) para Olbia, já que meu foco era a parte nordeste (Costa Esmeralda) da ilha. 
Mas, na minha pesquisa, notei que havia vôos baratos também a partir de Roma, Paris e de Barcelona, ou seja, escolha a cidade onde vc quer fazer seu primeiro pitstop e "buon viaggio" ou "bon voyage". 😀 😀 😀  

Solenzara - Córsega

QUANDO IR

A menos que vc não tenha opção, evite julho e agosto, meses de altíssima estação na Europa. Os preços serão mais caros (hotel, carro, atrações, comida etc.), o sol será escaldante e as praias estarão lotadas, o que significa trânsito na ilhas, dificuldade de estacionamento, preços inflacionados e a famosa "crowd" que tira um pouco a beleza de locais paradisíacos.

Minha dica: vá em junho ou setembro, meses perfeitos, pois estará quente, mas não sufocante, os dias serão longos (anoitece perto das 21:00), preços estarão razoáveis, haverá diversas atrações gratuitas (festivais e feiras) nas ruas e, o mais importante, as ilhas não estarão "crowdeadas", capisce?
  
Bruzzi - Córsega

Maio e outubro são meses bons para segunda opção. Perdem para junho e setembro, porque são um pouco mais frios....e vc vai querer dar vários mergulhos "tchibuns", certo? 

Março, abril, novembro e dezembro só se vc nem pensar em praia, ok? 

ONDE FICAR NA SARDENHA E NA CÓRSEGA

Aluguel de carro para circular pelas ilhas é inevitável. Então, se vc quiser economizar, não precisa ficar na beirinha da praia ou nas regiões mais caras que são: 
Porto Cervo, Porto Rotondo na Costa Esmeralda - Sardenha; e
Porto Vecchio na Córsega. 
A Córsega é, em geral, mais cara do que a Sardenha.

Bonifácio from the sea - Córsega


Conselho: fuja de resorts e hotelões pé na areia. Afinal, vc está numa ilha e em poucos minutos de carro encontrará uma variedade de praias, montanhas, baías etc. ou seja, vc não vai querer gastar uma grana em hospedagem e mal ficar no hotel ou ficar numa só praia, certo?

Em suma, monte uma base (ou mais bases) num hotel mediano, em local estratégico em cada ilha, de acordo com seu roteiro, e abuse (muito) da circulação de carro. 


Na Sardenha, em função do meu roteiro, montei duas bases: uma em Olbia e outra no Arquipélago La Maddalena. Analisando meu roteiro acima, vc entenderá o porquê das bases.

Escolhi montar base em Olbia, pois esta cidade tem ótima infra, bons restaurantes, feirinhas de verão e fica estrategicamente no meio caminho entre o Golfo di Orosei (passeio de barco que queria fazer!!) e as belíssimas praias da Costa Esmeralda.

Em Olbia, fiquei num ótimo hotel, com bom café (link hotel Grand President Olbia). Não era tão barato, mas aqui "abri um pouco a mão" 😅 , pois queria conforto (não luxo!) e o hotel era convenientemente perto do aeroporto.

Em La Maddalena, fiquei num hotel (link do hotel Excelsior) bem funcional, do lado do porto. Barato, bom café e ideal em termos de localização para passear pelos restaurantes do arquipélago e para alugar o barco para dar a volta pelas diversas ilhas que compõem o arquipélago.


Cala Moresca - Sardenha

Na Córsega, também em função do meu roteiro, montei três bases: uma ao sul, em Bonifácio, outra ao sudeste, nas proximidades de Porto Vecchio e outra no sudoeste, em Ajaccio, de onde partiria o meu vôo de saída da ilha.

Em Bonifácio, ficamos num hotel (Best Western Bonifacio) bem próximo ao porto, por motivos óbvios (chegamos de ferry, sem carro). O hotel é ótimo, pois fica perto da saída de barco para o passeio às Ilhas Lavezzi e perto da subida para cidade alta (cidadela). Não tem café, mas fica do lado de bons mercados e dos restaurantes da orla do porto. 

Ajaccio - Córsega (terra de Napoleão)

Porto Vecchio (PV) é caríssimo!! Então, buscamos um hotel mais familiar (maison tavolara), meio estilo AirBnb, meio B&B, nas proximidades de PV e fugindo dos altos preços da Córsega. Hotel familiar com ótimos hosts que deram boas dicas de passeios. Ele serviu de base para os passeios às montanhas de Zonza, Bavella, às cachoeiras de Solenzara e às praias do litoral sudeste da Córsega.

Por fim, em Ajaccio, pegamos um hotel estilo Airbnb (Chambres Hotes Wagram). A ideia aqui era só um local com estacionamento e barato para fazer um pitstop para conhecer a capital da Córsega, terra de Napoleão, e partir no dia seguinte. 


COMO DESLOCAR NA SARDENHA E NA CÓRSEGA

Carro

Em termos de deslocamento, já falei da importância do carro em ambas as ilhas.
No meu caso, rodei 500km em cada ilha e nem percebi. 🙈 😎
Claro que se vc alugar do Brasil, antecipadamente, consegue melhores preços.

Cuidado ao dirigir nas ilhas, principalmente na Córsega, pois há alguns percursos sinuosos, em ruas estreitas que podem se tornar perigosas em função de alguns motoristas descuidados. Não se esqueça que existem outros turistas, olhando GPS, mapas etc. no meio de motoristas locais, geralmente impacientes. Nada demais em relação ao trânsito de RJ e SP, mas vale a dica de atenção redobrada.

Costa Esmeralda - Sardenha

Na Sardenha, peguei e devolvi o carro no aeroporto de Olbia.
Na Córsega, peguei o carro no aeroporto de Figari (30min de Bonifácio) e devolvi em Ajaccio.

Ferry e Bus

Olbia--> Palau-->ferry-->La Maddalena-->ferry-->Olbia
Para chegar ao arquipélago La Maddalena, vc pega o ferry em Palau, uma cidade ao norte da Costa Esmeralda. Levei o carro no ferry, porque ia precisar dele para deslocar pelo arquipélago até a Ilha Caprera. Paguei 44 euros no trecho de ferry (carro + casal), ida e volta, em jun17. Trecho de 20min. Vc paga na hora e não precisa reservar (pelo menos em junho), pois há muitos horários.
Sites do Ferry (Palau - arquipélago) : (http://www.maddalenalines.it/ ou http://www.delcomar.it/)

Ruas do Arquipélago de La Maddalena

Olbia --> bus -->  Santa Tereza Gallura
Fui para Córsega de ferry. Os barcos partem de Santa Tereza Gallura (STG).
Já que não queria levar o carro da Sardenha para Córsega (caríssimo!!) e não conseguiria devolver o carro em Santa Tereza Gallura (STG), tive que devolver o carro onde peguei (no aeroporto de Olbia) e de lá peguei um confortável ônibus até STG (http://www.gruppoturmotravel.com/Linea-Olbia-STeresa-Estiva.php). O ônibus é ótimo, tipo turismo mesmo, bagageiro grande para malas e custa apenas 7 euros por pessoa (percurso 1h30').

Ferry de Santa Tereza Gallura para Bonifácio

STG --> ferry --> Bonifacio

O ferry de Santa Tereza Gallura até Bonifácio custou 50 euros, casal, sem carro. Só ida. Um pouco caro, mas não tanto se vc pensar que era uma viagem internacional entre Itália (Sardenha) e França (Córsega) 😀 😀

O percurso foi de 50 minutos e oferece um belíssimo visual na saída de STG e na chegada em Bonifácio. Em junho, não precisa reservar, principalmente se vc não estiver de carro.
Sites do Ferry: 



Bom, pessoal. Este foi o post "motivacional" de planejamento da viagem.
As fotos ilustram um pouco desta motivação.
O detalhamento foi apenas para mostrar como vc consegue, com planejamento, viabilizar uma viagem memorável.

É isso, amigos!
Agora, se vcs quiserem conhecer cada paraíso dessa viagem e gostaram das fotos "provocativas" acima, cliquem nos respectivos posts e embarquem comigo nessa viagem dos sonhos.

Para simplificar o acompanhamento da viagem e não deixar os posts muito longos, irei dividi-los para facilitar a leitura. À medida que for terminando os posts, vou colocando os link aí embaixo, ok?
Enquanto isso, vc vai montando sua viagem....vc merece!

Ah...se precisar de alguma dica específica, fique à vontade para me contatar, ok?

Se vc gostou das dicas, deixe seu comentário e recomende para os amigos, pois o "blogueiro" amador que vos fala ainda pretende transformar o hobby, isto é, "pleasure" em "business"  ;-)

Abraço

Golfo di Orosei - Cala Gonone

A Sardenha merecerá três posts:
POST 1 - SARDENHA (COSTA ESMERALDA): link aqui
POST 2 - SARDENHA (GOLFO DI OROSEI): link aqui
POST 3 - SARDENHA (ARQUIPÉLAGO LA MADDALENA) link aqui
POST 4 - SARDENHA (SUL DE OLBIA) link aqui

A Córsega merecerá três posts:
POST 4 - CÓRSEGA (BONIFÁCIO E ILHAS LAVEZZI)
POST 5 - CÓRSEGA (MONTANHAS E CACHOEIRAS)
POST 6 - CÓRSEGA (PORTO VECCHIO E AJACCIO)

Bruxelas terá dois posts:
POST 7 - BRUXELAS (BRUSSELS)
POST 8 - BRUXELAS (BRUGGES)

Brussels - Bruxelas - Granda Place


MILÃO terá seu post próprio.

Catedral de Milão




2 comentários:

  1. Qual a melhor época para conhecer a Sardenha e a Córsega?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De junho a setembro. De preferência, evite julho e agosto por causa das férias dos europeus.
      Maio e Outubro também são boas opções em termos de preços de hoteis e voos, pois trata-se de baixa temporada, mas provavelmente os dias ( e a água das praias) não estarão tão quentes.

      Excluir

Obrigado pelo seu comentário!